Sejam Bem-vindos
ao nosso Portal de
Notícias

Saiba como ter um envelhecimento ativo!

Algumas pessoas pensam que os idosos devem obrigatoriamente ter limitações físicas e que aqueles que já apresentam dificuldades motoras e de locomoção não podem voltar a ser ativos ou participar de atividades básicas.

Mas na prática não é bem assim, as pessoas idosas podem e devem ser ativas, independente de possuir ou não limitações físicas, eles ainda podem exercer atividades básicas como auxiliar nas tarefas domésticas e fazer parte de eventos da comunidade em que vivem.

A OMS adotou o termo envelhecimento ativo para explicar “o processo de otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas”.

Ser ativo quando idoso está relacionado a estar sempre participando de atividades sociais, culturais e similares.

O que contribui para um envelhecimento ativo?

Alguns hábitos saudáveis, como se alimentar bem, cuidar da saúde mental e se relacionar socialmente são de extrema importância para que a pessoa idosa se mantenha ativa e disposta.

Além disso, também existem algumas medidas necessárias para o envelhecimento ativo, elas são:

1- Cuidar da saúde

Essa é a principal e mais importante medida para que um idoso seja ativo, afinal estar saudável influência em todos os aspectos da nossa vida.

Cuidar da saúde vai além de simplesmente procurar um médico, é se alimentar bem, realizar exercícios físicos, cuidar da saúde mental e atender todas as necessidades do nosso corpo.

Sendo assim, é recomendado focar nos cuidados preventivos, mantendo uma boa constância nas visitas médicas e exames, também é necessário estar atento a sintomas e sinais que possam estar relacionados a doenças.

O ideal é que a pessoa idosa busque se consultar com várias especialidades médicas e também com um dentista.

2- Manter bons hábitos

O tabagismo, por exemplo, é um hábito que deve ser excluído da vida das pessoas idosas, isso porque o fumo é responsável pelo surgimento de diversas doenças, como enfisema pulmonar, câncer bucal e de pulmão e várias outras.

Além disso, hábitos como o alcoolismo, sedentarismo e alimentação com excesso de gordura e outros também devem ser abandonados, pois também se tornam fatores de risco para diversas doenças.

3- Alimentação balanceada

Apesar de não parecer, a alimentação tem um papel fundamental para o processo de envelhecimento, isso porque quanto mais a alimentação for saudável, com um bom consumo de verduras, legumes e frutas frescas e naturais melhores serão as possibilidades de envelhecer com qualidade.

Uma opção que está sendo muito utilizada é o cultivo dos próprios alimentos, assim o idoso ocupa a mente, não se sente sozinho, exercita o corpo e come muito bem.

4- Combate ao sedentarismo

Movimentar o corpo é muito importante, principalmente durante o processo de envelhecimento. O recomendado é que o indivíduo realize exercícios físicos leves, como uma pequena caminhada, levar o cachorro para passear, fazer pilares e até mesmo ioga.

Não é difícil se adequar a essas medidas e ter um envelhecimento ativo! Aqui na Lótus Residencial Senior, contamos com fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, médicos, dentistas e muito mais, para que os nossos pacientes idosos e aqueles em transição possam chegar a melhor idade com muita saúde e disposição. Conte conosco para envelhecer bem!

Referência:

https://blog.portoseguro.com.br/envelhecimento-ativo-o-que-e-e-qual-a-sua-importancia

Portal de Notícias Lótus