Sejam Bem-vindos
ao nosso Portal de
Notícias

Os 3 maiores mitos sobre o envelhecimento!

Envelhecer é um processo totalmente natural, inevitável e muito complexo. Tanto é que o processo de envelhecimento não é igual para todos!

Uma pessoa idosa com mais de 80 anos pode ser totalmente lúcido e ativo, enquanto um da mesma idade ou até mesmo mais novo, pode ser totalmente dependente de ajuda e acamado.

O que irá diferenciar um do outro são os fatores genéticos e ambientais.

Geneticamente, envelhecer é inevitável, mas se os fatores ambientais forem modificados, com hábitos saudáveis, alimentação balanceada, prática de exercícios físicos, a sua qualidade de vida e o seu processo de envelhecimento, tendem a ser mais tranquilos e bem sucedidos.

O envelhecimento pode ser considerado bem sucedido quando as doenças podem ser controladas e a pessoa idosa mantém a sua independência e autonomia. 

Envelhecer não é uma doença, é uma fase da vida, assim como as outras. Mas se precocemente você assumir bons hábitos, sua velhice será de melhor qualidade.

Os maiores mitos sobre o envelhecimento!

Como já vimos, o envelhecimento é diferente para cada pessoa, ou seja, cada indivíduo irá vivenciar uma velhice com experiências distintas.

Deste modo, não podemos generalizar a velhice, criando estereótipos negativos e mitos assustadores sobre o processo do envelhecimento.

Todos os dias presenciamos grandes exemplos de que ter saúde, ser saudável, ativo e estar lúcido podem sim ser características de um idoso. Sendo assim, devemos desmistificar o processo de envelhecimento e colocar um fim nas Fake News para quebrar esses estereótipos ultrapassados a respeito da velhice.

Conheça agora os 3 maiores mitos sobre o envelhecimento!

Vamos ver o envelhecimento com outros olhos? Continue com a leitura e abra a mente para uma nova visão sobre a velhice.

Quanto mais velho, menor será necessidade de dormir 

Conforme o processo de envelhecimento vai se desenvolvendo, alguns idosos podem apresentar algumas dificuldades para pegar no sono ou para se manter dormindo.

Porém o que observamos é que muitas pessoas pensam que com o avanço da idade é normal que a necessidade de dormir se reduza. Entretanto, este é um grande mito, já que as pessoas idosas precisam da mesma quantidade de sono de um adulto, que é de 7 a 9 horas de sono por noite, isso porque o sono é um grande aliado da nossa saúde.

Idosos não precisam se exercitar

Todos sem exceção devem se exercitar. O sedentarismo é um grande risco para a saúde, então mesmo as pessoas mais idosas, devem praticar exercícios físicos regularmente para manter a sua qualidade de vida.

Os exercícios ainda atuam prevenindo doenças crônicas, quedas,   fraturas, problemas cardiovasculares, atuam no tratamento de depressão, ansiedade, preservam a vitalidade, é um dos pilares do envelhecimento ativo e saudável e muito mais.

Pessoas idosas estão sempre deprimidas

A depressão pode atingir qualquer pessoa em qualquer idade, e não é uma regra geral que todos os idosos devem estar sempre deprimidos. Além disso, hoje em dia, os idosos têm se mostrado muito otimistas e resilientes com o avanço da idade, sem contar que eles recebem mais apoio de sua família e não se sentem sozinhos.

Com o envelhecimento existe uma probabilidade aumentada de desenvolver depressão, ansiedade, limitações físicas e consequentemente o sentimento de solidão ou inutilidade, mas essa não é uma condição inerente, nem uma regra de vida para os idosos.

Gostou de desmistificar esses mitos? Sobre qual deles você ainda não sabia? Conte para nós nos comentários!

Referência:

https://sbgg.org.br/tres-grandes-mitos-sobre-o-envelhecimento-2/

https://geriatriagoiania.com.br/saiba-mais-sobre-o-processo-de-envelhecimento/

Portal de Notícias Lótus